1000 fotos

18519590_1891968837737625_1685307452194326197_n

Cheguei às 1000 fotografias disparadas e coincidentemente está quase a completar um ano desde que iniciei a fotografia amadora. Passei por muitas fases, conheci muitas pessoas, muitas ruas, muitos sons e muitos cheiros. Creio ser a altura de voltar a escrever, porque o intuito de fotografar era desbloquear a escrita. Não vou parar de fotografar, mas estou numa fase mais ponderada e observadora que me faz refletir mais na escolha e na pós produção das fotografias que tiro. Mais do que contente estou satisfeito, pelo que aprendi, pelo que conheci e no que me fui tornando.

28 mm

18222600_1888002211467621_5491295461900965163_n

Disparar com 28mms na rua é como passar da droga leve para a droga dura. Aprendemos a explorar a nossa própria natureza. Mentimos, enganamos, caçamos e aprendemos a passar despercebidos para apanhar em surpresa uma vítima ou por vezes, nem se aperceberem do que estamos a fazer. Também fingimos não ouvir, não ver, não falar. É tudo aquilo que eticamente desprezamos mas também é o que para mim mais se aproxima do momento decisivo. Exige coragem, mestria, cálculo, desembaraço, esperteza, sagacidade. Agrada-me ver as pessoas no estado puro, sem grandes poses e desprevenidas para um momento que não treinaram. O resto vem nos livros e nos tutoriais.