O Príncipe Real

Saí da minha bolha de conforto e fui até ao príncipe real. Meti por algumas ruas que me pareceram completamente ensossas até dar com um pacato jardim cheio de homens pálidos e carecas que conversavam em amena liberdade. Entrei numa daquelas cafetarias “copenhagem coffee” com louraças de cabelo apanhado a escrevinhar no macbook, mas não serviam cerveja e acabei por desistir. Estava um calor absurdamente confortável dentro daquela porra e senti-me estranhamente incapaz. Eram elas a apontar para o ecrã a montar a próxima start-up e eles com aqueles garruços vermelhos enfiados no alto do cocoruto a beber chocolate quente e a rir como nos filmes. Comecei a sentir náuseas e optei por ir ao mini-preço (foi um espanto e um alívio) comprar um pack. Depois fui até ao jardim e malhei umas quantas. A água da fonte estava límpida e o lixo estava acomodado nos respetivos caixotes. As pessoas falavam em tom baixo ou passeavam as suas lassies e até os passarinhos cantavam. Não fui capaz de disparar uma única foto. Vi um grupo de rapazes a fumar ganzas, mas nenhum bebia. Estranhos bairristas, estes da estrela. Até que não aguentei mais e pirei-me dali. Junto à assembleia encontrei o afzal num bruto bmw branco a fazer o serviço de luxo UBER. Trocámos umas palavras e até ao barco, no cais do sodré e em passo acelerado, não voltei a entrar em nenhum estabelecimento. Depois da travessia aos solavancosas as coisas começaram a ganhar cor e as pessoas também. Quando cheguei à outra margem o manto escuro da noite já tinha caído e alguns velhotes perdidos em cacilhas já estavam aos tropeções, desde sábado. Estive um pouco na margem do rio a ver a reboliço de lisboa, agora com passeios largos e ciclovias, enquanto o gajo ao meu lado tentava infrutiferamente pescar uma tainha para o jantar. Não tive a sorte da lua mas aqui deste lado ainda havia tascas. Mal o menos, bebi uma algures para recuperar a cor e comi um croquete com mostarda para depois fazer uma hora de alegria até ao subúrbio onde eu vivo e não raras as vezes vejo pessoas interessantes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s