Existência

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Na última feira do livro percebi qual era o meu lugar. Serei talvez a última pessoa de Portugal a ter um acesso de humanismo ou visões marxistas. Também não pretendo impor uma realidade que está longe de mim, do que sou, do que fui e do que quero ser ou fazer. Apenas gosto da confiança que as pessoas depositam em mim quando me sorriem ou se possivelmente lerem algo que as fez lembrar que existem. E é isso que procuro, existência.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s