Jeová

Duas senhoras de ar simpático atravessaram o pequeno largo e na primeira porta da correnteza de prédios, tocaram à campainha. Aguardaram alguns segundos e de seguida tocaram no primeiro direito. Trocaram breves olhares e juntas seguiram até ao prédio do lado, com várias edições de outubro da revista “A Sentinela” a espreitar nas malas de couro. Tocaram no primeiro esquerdo e mais uma vez nada, apenas o ruído longínquo dos carros na auto estrada. Tentaram então o primeiro direito e ambas arregalaram os olhos quando a porta do prédio se abriu. Contentes, retiraram das malas alguns exemplares da revista não trinitária e atravessaram o hall de entrada. Da porta do primeiro direito surgiu um negro de cabelo rapado e bochechas bojudas:
– Bom dia! – disse.
– Bom dia – responderam elas em uníssono.
– O que desejam? – Perguntou.
– Nada! Foi engano. Queríamos entrar no outro prédio – Disse-lhe a mais altas das duas.
Não conseguiram esconder o nervosismo enquanto recuavam até à porta de entrada. Apertaram os exemplares das revistas junto do peito e com o passo miudinho saíram do prédio, sem se despedirem. Aceleraram o passo até à esquina mais próxima e só então respiraram de alívio. Instintivamente retificaram os pertences nas malas de couro e agora mais descansadas, riram uma para a outra.
– Ahaha, foi por pouco Maria Luísa – disse-lhe a amiga.
– Pois foi, ainda tenho o meu coração a bater – revelou a outra.
E agora em segurança riam enquanto regressavam ao passeio coberto pela sombra, prontas a distribuírem mais revistas de conduta moral correta.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s