O reverendo

880194EF8

Com uma passada determinada, atravessou a estrada. Duas prostitutas encorpadas de mini-saia acompanhavam-no lado a lado. Vestia um blazer prateado por cima de uma camisa amarela e calçava uns sapatos pretos lustrosos. Na mão direita uns dedos grossos seguravam uma bíblia já gasta.

O sol já se escondia e um vento fresco começava a levantar o lixo do passeio quando finalmente chegaram. Por cima da porta numa lona esticada, o nome com uma pomba no fim indicava: Igreja Evangélica Renovada.

Antes de entrarem, abriu a bíblia e do interior retirou uma pequena garrafa. Levou-a à boca e mandou tudo abaixo. Limpou os lábios com as costas da mão e largou um profundo suspiro. Depois beijou na boca cada uma das mulheres e com um apalpão indicou-lhes o caminho, seguindo-as.

Com todos os olhos apontados na sua direção, dirigiu-se ao palanque. Por fim pousou a bíblia no suporte de madeira e retirou um lenço do bolso, secando o suor da testa. Depois ajeitou o microfone e lançou as mãos ao alto, gritando: DEUS…!!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s